Archive for Óscares

O inevitável, o adiado e o surpreendente

Óscares 2006
E todos justos. Os restantes, melhores ou piores, podem ser vistos aqui.
Só acho é que começam a haver pinguins a mais neste mundo…

Anúncios

7 Nomeações que nunca aconteceram

… mas que eu gostava que tivessem acontecido. Sem juízos sobre os que realmente receberam as honras e sem sugestões sobre quais os nomes que seriam substítuidos nas listas de nomeações, são apenas 7 nomes que me lembram mais uma vez da eterna miopia do Óscar.

7. Match Point
Melhor Filme
Match Point

6. The Prestige
Christopher Nolan, Melhor Realizador
The Prestige

5. Borat: Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazakhstan
Sacha Baron Cohen, Melhor Actor Principal
Borat

4. The New World
Q’Orianka Kilcher, Melhor Actriz Principal
The New World

3. Children of Men
Alfonso Cuarón, Melhor Realizador
Children of Men

2. The Departed
Jack Nicholson, Melhor Actor Secundário
The Departed

1. The New World
Melhor Filme
The New World

As escolhas de Homer Simpson

Homer Simpson’s Picks
Opiniões informadas e válidas sobre os possíveis vencedores das estatuetas douradas? Quem melhor do que Homer Simpson?! Enjoy!
Ah, e um obrigado (adiantado) ao KritiCinema! 😉

As crianças são o futuro… de Hollywood

A nomeação de Abigail Breslin, a cada vez mais amada Little Miss Sunshine, trouxe regozijo e e um refrescante sentido de justiça feita a muita gente. As aclamações do talento da pequena proliferam e tem surgido, como seria de esperar, as inevitáveis comparações com outros child actors dos nossos dias, nomeadamente a prolífica Dakota Fanning. Numa nota pessoal, admito que nunca simpatizei particularmente com a última, enquanto a doce Abigail me conquistou à primeira tentativa, em Signs.
No entanto, todo este falatório lembrou-me de um artigo sobre os pequenos actores que aparecem (ou não) nos nossos ecrãs, com que me deparei há uns tempos e guardei por capricho. Tem a sua piada, a título de curiosidade e penso que se adapta à situação.

Abigail BreslinAbigail Breslin será a próxima Katharine Hepburne. A sua estreia foi em Signs, de M. Night Shyamalan e o seu futuro é altamente promissor. Breslin deu seguimento à carreira com vários papéis adequadamente femininos e “queridos” até acertar em cheio este ano (passado) com Little Miss Sunshine, o tão aclamado filme de Sundance com direito a rumores sobre possíveis nomeações para os Óscares (já não). Independentemente do rumo que a noite dos Óscares possa tomar, Breslin continua a jogar bem com os seus trunfos, equilibrando papéis em comédias românticas (todos sabemos como isso resultou bem para a senhora Kate) com trabalhos mais infantis. Agora tudo o que ela precisa é de um Spencer Tracy de 10 anos.”

Dakota FanningDakota Fanning irá dominar o mundo. Podemos discordar, mas o facto de que a actriz de 12 anos e a sua legião de ajudantes e lacaios têm mostrado uma audácia quase maquiavélica na construção da sua carreira é incontestável. De que outro modo se pode explicar que ela tenha contracenado com oscarizados (ou futuros oscarizados) quatro vezes antes dos 10 anos? A miúda tem amigos poderosos e continua a arranjar mais.”

Keisha Castle-HughesHaley Joel OsmentSeamus Davey-FitzpatrickDaniel RadcliffeFreddie HighmoreJake Lloyd

O artigo da MSNBC elege também o jovem actor mais susceptível de vir a participar no “Surreal Life” devido ao curso bizarro que a sua carreira está a tomar, o próximo Alec Guiness, a actriz que provavelmente irá experienciar um renascer espiritual, renunciar Hollywood e ir viver para uma quinta, o petiz que apresenta fortes possibilidades de ser o anti-cristo em carne e osso e aquele que irá ser vítima de typecast sem dó nem piedade para o resto da vida, entre outros. O artigo pode ser lido na íntegra e sem traduções e adaptações duvidosas da minha parte aqui.

Chegaram as nomeações!

Melhor filme:

  • Babel
  • The Departed
  • Letters from Iwo Jima
  • Little Miss Sunshine
  • The Queen
  • Oscarizados
    Melhor Actor:

  • Leonardo diCaprio (Blood Diamond)
  • Ryan Gosling (Half Nelson)
  • Peter O’Toole (Venus)
  • Will Smith (The Pursuit of Happyness)
  • Forest Whitaker (The Last King of Scotland)
  • Melhor Actriz:

  • Penelope Cruz (Volver)
  • Judi Dench (Notes on a Scandal)
  • Helen Mirren (The Queen)
  • Meryl Streep (The Devil Wears Prada)
  • Kate Winslet (Little Children)
  • Melhor Actor Secundário:

  • Alan Arkin (Little Miss Sunshine)
  • Jackie Earle Haley (Little Children)
  • Djimon Hounsou (Blood Diamond)
  • Eddie Murphy (Dreamgirls)
  • Mark Wahlberg (The Departed)
  • Melhor Actriz Secundária:

  • Adriana Barraza (Babel)
  • Cate Blanchett (Notes on a Scandal)
  • Abigail Breslin (Little Miss Sunshine)
  • Jennifer Hudson (Dreamgirls)
  • Rinko Kikuchi (Babel)
  • Melhor Realizador:

  • Clint Eastwood (Letters from Iwo Jima)
  • Stephen Frears (The Queen)
  • Paul Greengrass (United 93)
  • Alejandro Gonzalez Iñárritu (Babel)
  • Martin Scorcese (The Departed)
  • Melhor Argumento Original:

  • Babel
  • Letters From Iwo Jima
  • Little Miss Sunshine
  • El Laberinto del Fauno
  • The Queen
  • Melhor Argumento Adaptado:

  • Borat: Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazakhstan
  • Children of Men
  • The Departed
  • Little Children
  • Notes on a Scandal
  • Alguma surpresa? Preferidos? Injustiçados? Opinem!